10 coisas que provavelmente você não deve saber sobre doação de sangue

NO IMAGE
Doação de sangue | Oct. 15, 2021
Atualizado por Magali Balloti

A doação de sangue é um gesto solidário. Uma pequena quantidade de sangue pode salvar a vida de pessoas que se submetem a tratamentos e intervenções médicas de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias.

Abaixo você vai descobrir que doar sangue é simples e mais importante do que imagina.

1. Uma doação pode salvar até quatro vidas
Em geral, cerca de 450 ml de sangue doado, o equivalente a uma bolsa de sangue, pode ajudar a salvar até quatro vidas. 1 Isso significa que, se você doar a cada três meses, pode ajudar a manter vivas até doze pessoas.

2. O sangue doado não é usado apenas para cirurgias.
Os diferentes componentes do sangue possibilitam vários usos para diversos pacientes:

Obtenha outras informações clicando aqui.

3. Menos de 2% da população brasileira doa sangue regularmente
No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. Esse número fica um pouco abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Ou seja, por aqui, os bancos de sangue operam no limite.2 Quando falamos de números mundiais, apenas uma fração dos 7 bilhões de pessoas elegíveis para doar sangue no mundo efetivamente o fazem.3,4

4. Você consegue acompanhar o estoque de sangue dos hemocentros
O doador pode acompanhar o volume de sangue disponível em cada um dos hemocentros do Brasil. Para ajudar os doadores, foi criado um aplicativo chamado Hemoliga, que conecta o doador com hemocentros. Gratuito, o aplicativo está disponível para as plataformas Android, iOs e Windows Phone.

5. Adolescentes de 16 e 17 anos podem doar sangue
Fisicamente eles já estão aptos para doar sangue, desde que cumpram todos os requisitos básicos para doação, mas por serem menores de 18 anos, precisam de autorização dos pais ou responsável.

6. O sangue é reposto pelo organismo. E rapidamente.
Existe sangue suficiente no corpo humano para doar de forma saudável. Além disso, o volume de sangue doado começa a ser reposto no organismo 24 horas após a doação. Para o homem, o plasma é renovado em até 72 horas; os glóbulos vermelhos em aproximadamente 4 semanas e o estoque de ferro precisa de 8 semanas. Para a mulher, após uma doação de 450 ml de sangue, o estoque de ferro demora um pouquinho mais em comparação com os homens e chega a ser renovado em aproximadamente 12 semanas.

7. Doar sangue não é demorado.
Em média, a primeira doação leva cerca de duas horas, a partir do momento em que o doador entra no banco de sangue até o fim de todos os procedimentos. Nas próximas vezes, o tempo gasto será de cerca de 1 hora.

8. Pessoas abaixo de 50kg não podem doar sangue
O volume total de sangue a ser doado não pode passar de 8 ml/kg de peso para as mulheres e 9 m/kg de peso entre os homens. Logo, para doar até 450 ml, mais os 30 ml necessários para a realização dos exames laboratoriais exigidos pelas leis, a pessoa não pode ter menos de 50 kg.

9. Quem tem tatuagem pode, sim, doar sangue.
Sim, mas é preciso observar há quanto tempo a tatuagem foi feita. A restrição pode ser de 6 a 12 meses após estampar a pele, dependendo das condições de avaliação da segurança da realização da tatuagem. Este impedimento se deve ao risco de transmissão de agentes infecciosos relacionado a estes procedimentos. Passado esse período, o doador tatuado está apto a ir ao banco de sangue e fazer a sua parte. Importante ressaltar que sempre é preciso seguir os pré-requisitos para ser um doador de sangue.

10. A tecnologia contribui para a segurança do sangue doado
Para diminuir cada vez mais as janelas sorológicas, intervalo de tempo decorrido entre a infecção (HIV, HTLV, HCV, Hepatite B, Sífilis etc.) até a primeira detecção de anticorpos produzidos pelo sistema de defesa do organismo, e identificar novos tipos e evoluções de vírus e bactérias, a Abbott trabalha constantemente na inovação de equipamentos e tecnologias da área de diagnósticos.

Referências

1Governo do Brasil https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2019/11/salve-vidas-torne-se-doador-de-sangue-regular
2Fundação Pró-Sangue http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-11/menos-de-2-da-populacao-doa-sangue-regularmente-diz-ministerio-da-saude
3Towards 100% voluntary blood donation: A global framework for action. World Health: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/44359/9789241599696_eng.pdf?sequence=1&isAllowed=y.
4As world passes 7 billion milestone, UN urges action to meet key challenges. United Nations News Centre. Website: http://www.un.org/apps/news/story.asp?NewsID=40257#.Vh_wTOxVhBc.