Aptidão cardiovascular: o que significa para a saúde do coração

NO IMAGE
Coração Saudável | Mar. 11, 2021
Por Maryssa Caetano | Atualizado por Magali Balloti

Todo mundo sabe como funciona a rotina de verificação de sinais vitais em consultórios médicos. Já conhecemos o checklist: pressão arterial, frequência de pulso e temperatura. Mas você sabia que há um sinal vital que pode ser igualmente essencial para avaliar a saúde de seu coração? Sim, seu nível de aptidão cardiovascular pode ter um impacto tão grande na sua saúde quanto outros fatores como tabagismo, hipertensão e colesterol alto. Um simples teste de aptidão física pode fornecer dicas fundamentais para sua saúde cardiovascular.1

Aptidão cardiovascular como um sinal vital

Essa aptidão, também chamada de aptidão cardiorrespiratória (ACR), diz muito sobre sua saúde e como outras condições podem afetá-la. Basicamente, a ACR mede quão bem seu corpo absorve oxigênio e o distribui aos músculos e órgãos durante períodos prolongados de exercício. Geralmente, quanto maior for seu nível de ACR, menor será o risco de desenvolver uma variedade de doenças. Níveis baixos de ACR estão associados a alto risco de doença cardiovascular, certos tipos de câncer e maiores taxas de mortalidade.2

Há uma crescente relação entre a ACR e o nível geral de saúde. Isso levou a Associação Americana do Coração a recomendar, desde 2016, a medição de aptidão cardiorrespiratória em consultas clínicas como parte da triagem de atendimentos. A Associação descobriu que2:

  • O nível de aptidão cardiovascular está ligado ao risco de insuficiência cardíaca e à probabilidade de hospitalização por insuficiência cardíaca no futuro.
  • Uma ACR baixa é um forte indicador de risco de acidente vascular cerebral.
  • Otimizar a ACR antes de intervenções cirúrgicas pode aumentar as chances de sucesso do procedimento, já que diminui o risco cirúrgico e de mortalidade, além de melhorar a capacidade de recuperação pós-cirúrgica.

Check-up: o que fazer

Incluir um teste de ACR em seus exames de rotina pode ajudar a avaliar com mais precisão os riscos de desenvolver problemas de saúde, além de auxiliar na correção dos hábitos que os causam. Um dos mais utilizados por profissionais da saúde para avaliar o condicionamento cardiorrespiratório é o teste de aptidão (ou ergométrico). Ele reúne informações sobre como seu coração funciona durante a atividade física, visto que o exercício faz com que esse órgão trabalhe mais e mais rápido do que quando você está em repouso.3

Durante um típico teste ergométrico, você vai caminhar, trotar ou correr numa esteira. Ou vai pedalar numa bicicleta ergométrica. Enquanto faz a atividade, seu ritmo cardíaco, pressão arterial e respiração são monitorados e, em seguida analisados pelo profissional de saúde. Entretanto, devido a algumas condições de saúde, pode ser recomendado que você evite o estresse do exercício; principalmente se houver a suspeita de uma condição cardíaca ou arritmia. Portanto, não se esqueça de consultar seu o médico e perguntar se um teste de aptidão é recomendado para você.

A Associação Americana do Coração também recomenda, em alguns casos, o Teste de Exercício Cardiopulmonar (TECP). Durante esse teste — normalmente em bicicleta ergométrica — o médico mede o nível de oxigênio, a quantidade de dióxido de carbono produzida e o padrão de respiração. Essas informações adicionais permitem uma quantificação mais precisa e padronizada de ACR, de acordo com a Associação.4

Referências

1Sociedade Brasileira de Cardiologia

http://abccardiol.org/short-editorial/covid-19-e-incertezas-licoes-do-frontline-para-a-promocao-da-decisao-compartilhada/(acesso em 06/2021)

2Ross et al. American Heart Association Physical Activity Committee of the Council on Lifestyle and Cardiometabolic Health; Council on Clinical Cardiology; Council on Epidemiology and Prevention; Council on Cardiovascular and Stroke Nursing; Council on Functional Genomics and Translational Biology; Stroke Council. Importance of Assessing Cardiorespiratory Fitness in Clinical Practice: A Case for Fitness as a Clinical Vital Sign: A Scientific Statement From the American Heart Association. Circulation. 2016 Dec 13;134(24):e653-e699

3Clínica Mayo

http://www.mayoclinic.org/tests-procedures/stress-test/basics/definition/prc-20019801 (acesso em 06/2021)

4Associação Americana do Coração

https://professional.heart.org/en/science-news/2016-focused-update-clinical-recommendations-for-cardiopulmonary-exercise-testing-data-assessment (acesso em 06/2021).