Saiba a importância de se hidratar corretamente para aproveitar os dias de carnaval

 


No verão, quando as temperaturas no Brasil ultrapassam facilmente os 30ºC, é importante prestar atenção aos sinais de perda de água no corpo, que podem levar a quadros severos de desidratação, causando complicações que vão desde convulsões à insuficiência renal e queda no volume de sangue, o que, consequentemente, afeta a pressão arterial.

Durante o Carnaval, a preocupação com a hidratação deve ser ainda maior, pois a animação dos foliões nos bloquinhos de rua por horas a fio pode fazer com que se esqueçam do essencial: tomar água. 

“Precisamos de água para funções importantes, como a regulagem da temperatura do corpo, a manutenção da saúde da pele e das articulações, a digestão dos alimentos, a remoção de resíduos e para auxiliar o cérebro a trabalhar em sua melhor forma”, afirma Patrícia Ruffo, nutricionista e Gerente Científico da Divisão Nutricional da Abbott no Brasil.

Atenção aos sintomas

A desidratação pode tornar a maioria das pessoas irritáveis e letárgicas, mas os sintomas podem variar de idade para idade. “Os adultos podem apresentar tontura ou sentir sede, dor de cabeça, constipação ou pele seca, e a urina pode ser mais escura e concentrada do que o normal (geralmente transparente ou de cor amarela muito clara) ”, alerta a nutricionista.

Confira abaixo 7 dicas de como prevenir a desidratação e garantir um ótimo Carnaval para a família inteira.

1. Previna-se incluindo nutrientes que estimulam a hidratação

Para manter a hidratação, é necessário mais do que água. Eletrólitos e carboidratos são fundamentais, pois estes nutrientes são capazes de auxiliar o corpo a absorver qualquer líquido. Os eletrólitos, como sódio, cloreto, potássio, magnésio e cálcio são particularmente importantes, já que são indispensáveis para nervos e músculos saudáveis. Além disso, todos esses eletrólitos podem ser perdidos na transpiração.

2. Não se esqueça dos alimentos

A escolha de alimentos (não apenas bebidas) pode responder por aproximadamente 20% da ingestão diária de líquidos1, sendo de grande ajuda para seu estado geral de hidratação. Felizmente, diversos alimentos disponíveis nos meses quentes do verão, como melão, melancia, laranja, tomates e morangos são naturalmente ricos em água, carboidratos e minerais, incluindo os importantíssimos eletrólitos. Outra opção é a mistura de água com frutas e vegetais frescos, como pepino, limão, laranja e hortelã que podem conferir a uma simples garrafa d’água uma dose extraordinária e saudável de sabor.

3. Verifique a urina

A cor da urina também pode funcionar como um indicador simples do estado de hidratação. Se estiver amarela clara, provavelmente a pessoa está bem hidratada. Entretanto, urina de coloração amarela escura, como suco de maçã, geralmente pode indicar desidratação e necessidade de reidratação imediata.

4. Lembre-se de repor os líquidos antes, durante e após o carnaval
A transpiração é um fator importante para a desidratação durante o verão. O suor se evapora da pele rapidamente, especialmente em temperaturas extremas. Por isso, lembre-se sempre de que a água é sua melhor companhia nestas horas.

5. Beba líquidos à noite se planeja começar a folia logo pela manhã

Para se manter um passo à frente dos efeitos desastrosos da desidratação, é importante começar o dia hidratado. Se tiver alguma atividade programada para o período da manhã, é bom se hidratar à noite. O ideal é ingerir água duas horas antes de ir para cama e após acordar.  A razão para isso é iniciar o dia bem hidratado, principalmente em dias quentes.

6. Escolha água (não refrigerante) durante os voos

Se planeja viajar de avião durante o Carnaval, é bom saber que aviões são conhecidos pela baixa umidade do ar, o que colabora para um estado de baixa hidratação após a aterrissagem. Uma dica é colocar uma garrafa vazia na bagagem de mão e, após passar pela segurança, enchê-la com a água dos bebedouros. Dispense os refrigerantes e bebidas com alto teor de açúcares que em nada ajudam na hidratação, já que sua alta concentração de açúcar pode interferir na capacidade do corpo para absorver água.

7. Como prevenir e tratar a desidratação?

Para prevenir a desidratação é importante ingerir a quantidade de líquido adequada à faixa etária, especialmente em períodos de calor intenso ou prática de atividade física2-3. Também é fundamental evitar o calor e a exposição excessiva ao sol3.

Já o tratamento da desidratação consiste em repor líquidos e eletrólitos por via oral e/ou venosa2,4,5. Mas lembre-se: é melhor evitar do que tratar a desidratação. Para isso, mantenha-se hidratado e, se necessário, produtos como o Pedialyte® PRO, que possui um balanço ideal de água, glicose e sais minerais que fornecem hidratação rápida e eficaz, poderá ajudar. Com apenas 2% de concentração de glicose, ele promove um esvaziamento gástrico semelhante ao da água, hidratando mais rápido que outras bebidas hidroeletrolíticas.


Contato:
Priscila Martins (+55 11) 5536-7336
priscila.martins@abbott.com  

Textual Comunicação:

Flávia Santucci (+55 11) 5536-7754
flavia.santucci@abbott.com

Marina Lima (+55 11) 5536-7616
marinadelima.silva@abbott.com

Elton Fernandes (+55 11) 5180-6921
eltonfernandes@textual.com.br


Referências:

1.The National Academy Press. Dietary Reference Intakes for Water, Potassium, Sodium, Chloride, and Sulfate (2005); Chapter4-Water. Available at: http://www.nap.edu/read/10925/chapter/6.
2.World Health Organization (WHO) The treatment of diarrhea: a manual for physicians and other health workers. 2005.
3.Jardine DS. Heat Illness and Heat Stroke. Pediat. Rev. 2007;28;249-258.
4.Gutierrez P, et al: Manejo de la gastroenteritis aguda em menores de 5 años: um enfoque basado em la evidencia. Guía de prática clínica Ibero – Latino-americano. N Pediatr (Barc). 72(3): 220. e1-220. e20.2010.
5.Guarino et al. European Society for Pediatric Gastroenterology, Hepatology, and Nutrition/European Society for Pediatric Infectious Diseases Evidence-based Guidelines for the Management of Acute Gastroenteritis in Children in Europe. JPGN 46: S81–S122, 2008.

PEDIALYTE PRO É UM SUPLEMENTO HIDROELETROLÍTICO PARA ATLETAS DISPENSADO DE OBRIGATORIEDADE DE REGISTRO. RESOLUÇÀO – RDC/ANVISA Nº 18/2010.

true
accessibility

You are about to exit for another Abbott country or region specific website

Please be aware that the website you have requested is intended for the residents of a particular country or countries, as noted on that site. As a result, the site may contain information on pharmaceuticals, medical devices and other products or uses of those products that are not approved in other countries or regions.


The website you have requested also may not be optimized for your specific screen size.

Do you wish to continue and exit this website?

accessibility

Você está prestes as deixar a família de sites da Abbott para um site de terceiros.

Links que o levam para sites fora dos websites globais da Abbott estão fora do controle da Abbott e a Abbott não é responsável pelo conteúdo de nenhum destes sites ou qualquer link que neles exista. A Abbott oferece estes links a você apenas como uma conveniência e a inclusão dos mesmos aqui não figura que estes sites têm o endosso da Abbott.

O website que você solicitou pode, ainda, não estar otimizado para a sua definição de tela.

Deseja continuar e ir para este website?